Abraham: a História da Alta Costura

      Nenhum comentário em Abraham: a História da Alta Costura

Através de seus refinados tecidos estampados em seda, a icônica empresa suíça Abraham foi parte importante da história da alta-costura durante o século XX. Hoje, os arquivos do legado têxtil ganham espaço na exposição “Silks & Prints from the Abraham Archive – Couture in Colour”, no Museu da Moda da Antuérpia.

Aliado ao aspecto artesanal das produções, o olhar artístico de Gustav Zumsteg – representante principal da empresa durante os anos 50 -, foi responsável por conquistar clientes como Dior, Givenchy, Yves Saint Laurent e Balenciaga. O design, que chegou ao prêt-à-porter, ficou conhecido como sinônimo de criatividade, ousadia e glamour.

O estilo Abraham também manteve-se impecável durante os 50 anos de trabalho: padronagens de flores abstratas, brocados, fios dourados e prateados, animal prints e grafismos em preto e branco eram as maiores inspirações das coleções.

As peças, paletas de cores e sketchbooks fazem parte da mostra permanente no Swiss National Museum, disponíveis desde 2007. Imperdível para quem já programou as férias de Julho!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *